Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Freixo: Bolsonaro ‘está celebrando a morte, a tortura’

Equipe BR Político

Após a determinação do presidente Jair Bolsonaro para que o golpe de 64 tenha “comemorações devidas” no próximo dia 31 de março, o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) afirmou que com essa ordem, o presidente está “celebrando a morte, a tortura, o extermínio, o suplício de crianças, mulheres, a memória de assassinos”, escreveu no Twitter.

Segundo o deputado, que é defensor dos direitos humanos, “é grotesco o presidente da República comemorar crimes contra a humanidade”. Ao finalizar a mensagem, Freixo ainda usou a hashtag #DitaduraNuncaMais, que nesta manhã aparece como o segundo assunto mais comentado no Twitter do Brasil.