Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Frota quer Eduardo fora da presidência do PSL paulista

Equipe BR Político

Um novo capítulo na guerra entre o deputado Alexandre Frota (PSL-SP) e Eduardo Bolsonaro, recentemente alçado a posição de presidente da sigla em São Paulo. O ator não quer que o filho do presidente no cargo e pediu formalmente à direção do partido que o retirem do comando da legenda no Estado. Segundo o Broadcast Político, Frota argumenta que Eduardo “nunca assinou uma ata” e nunca “foi a uma reunião” e o estatuto do partido não permite que dirigentes faltem a mais de cinco reuniões seguidas. “O partido precisa fazer o dever de casa se quiser se tornar um partido grande”, diz Frota no documento assinado junto do deputado Nicolino Bozzella Júnior. Em lua de mel, Eduardo não vai comentar os recentes ataques.