Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Frutos da viagem de Bolsonaro ao Oriente Médio

Equipe BR Político

O Ministério das Relações Exteriores anunciou na tarde desta terça-feira, 29, que o Fundo de Investimento Público (PIF) da Arábia Saudita vai realizar investimentos de até US$ 10 bilhões no Brasil, após a visita oficial do presidente Jair Bolsonaro ao príncipe saudita Mohammed bin Salman.

De acordo com o comunicado, os dois países se mostraram favoráveis a “explorar potenciais oportunidades de investimentos mutuamente benéficos”. O anúncio faz menção ainda ao compromisso do governo brasileiro em facilitar a entrada de novos investimentos estrangeiros e “aumentar a atratividade da economia brasileira”. Não foram anunciadas as áreas em que será aplicado o investimento.

Em reciprocidade, o ministro Ernesto Araújo afirmou, de acordo com o Broadcast Político, que a taxa da concessão de vistos para a Arábia Saudita será reduzida para US$ 80, e que a validade do documento passará a ser de cinco anos.

No Twitter, o Assessor Especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais, Filipe Martins, comemorou o acordo: “Estamos no Oriente Médio para divulgar o novo Brasil, a sociedade vibrante que está a construí-lo e as inúmeras oportunidades de investimento que ele oferece”.

Tudo o que sabemos sobre:

Oriente MédioJair Bolsonaroinvestimento