Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Fux não julgará ação sobre impeachment de Witzel

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux não estará à frente da ação que questiona o rito de impeachment aberto contra o governador Wilson Witzel (PSC-RJ) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

O vice-presidente do STF Luiz Fux Foto: André Dusek/Estadão

O vice-presidente do STF Luiz Fux Foto: André Dusek/Estadão Foto: André Dusek/Estadão

O magistrado do STF se declarou suspeito, alegando “incompatibilidade” para passar para outro ministro da Corte o processo. Fux é carioca, mas não explicou exatamente o motivo de sua decisão.

A defesa do governador fluminense alega que a comissão do impeachment foi constituída sem observância à proporcionalidade dos partidos e sem uma votação. Na última semana, o presidente da Suprema Corte, ministro Dias Toffoli, dissolveu a comissão e determinou a instauração de um novo colegiado, seguindo regras de jurisprudência do STF.

Tudo o que sabemos sobre:

Wilson WitzelLuiz FuxSTFAlerj