Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Gandra e Susep defendem MP ‘verde amarelo’

Equipe BR Político

Durante a primeira das audiências públicas realizadas para debater a Medida Provisória do Contrato Verde Amarelo, nesta terça-feira, 11, representantes do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e da Superintendência de Seguros Privados (Susep) defenderam a proposta do governo federal em audiência na comissão mista do Senado.

O ministro do Tribunal Superior do Trabalho Ives Gandra Martins Filho

O ministro do Tribunal Superior do Trabalho Ives Gandra Martins Filho Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro Ives Gandra Martins Filho, do TST, afirmou que a MP conta “conta com o agasalho da Constituição”. Desde que foi anunciada, a constitucionalidade da medida vem sendo questionada. “O que eu verifico, é possível e foi bastante salutar essa iniciativa governamental de tentar resolver o problema do desemprego criando novas oportunidades através de uma norma jurídica que, a meu ver, atende aos ditames da Constituição”, declarou.

Já a presidente da Susep, Solange Paiva Vieira, defendeu afirmou que a MP possibilita uma oportunidade de crescimento do mercado de seguros. “A MP Verde Amarelo aparece como uma possibilidade de ampliação do mercado de trabalho”, afirmou. Segundo ela, o texto do governo possibilita a desburocratização do setor de seguros, informou o Broadcast Político.