Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Generais estampam convocação para ato anti-Congresso

Vera Magalhães

Um panfleto com fotos do vice-presidente Hamilton Mourão, do chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, do deputado federal Roberto Peternelli (SP) e do secretário de Segurança de Minas Gerais, Mário Lúcio Araújo, convoca as pessoas para um ato contra o Congresso, em que as palavras de ordem são “Fora Maia e Alcolumbre”.

O ministro-chefe do GSI, general Augusto Heleno

O ministro-chefe do GSI, general Augusto Heleno Foto: Adriano Machado/Reuters

O que todos têm em comum, além de ocuparem mandatos ou funções públicas, é o fato de serem generais da ativa ou da reserva. O panfleto, que circula nas redes sociais e é “assinado” por “todos os movimentos patriotas e conservadores do Brasil” tem ainda a frase: “Os generais aguardam as ordens do povo”.

Nenhum dos incluídos no panfleto repudiou o uso de sua imagem numa convocação de cunho abertamente golpista. A peça incomodou outros generais preocupados com a crescente associação entre o Exército e o governo. “É absurdo numa democracia se convocar o povo contra outro Poder”, me disse um general que ainda não quer falar abertamente, mas que se diz preocupado com o “populismo barato” que ronda as Forças Armadas.

 

Tudo o que sabemos sobre:

generaisCongressoatogoverno