Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Gilmar barra ação contra prisão em 2ª instância

Equipe BR Político

Não foi só Alexandre de Moraes que proporcionou uma derrota para as pretensões de liberdade de Lula. Contrário ao posicionamento do STF sobre a execução provisória da pena, Gilmar Mendes barrou nesta sexta-feira, 29, uma ação pedida pelo PT e pelo PCdoB que pedia liminar suspendendo as prisões em 2ª instância por todo o País, segundo o site Jota.

“A questão da possibilidade de cumprir as penas após a condenação em Tribunal de segunda instância já ocupou o Pleno do STF em diversas oportunidades nos últimos anos. Até o momento, a orientação do Tribunal é no sentido de que não há violação à presunção de inocência”, justificou Mendes.

Tudo o que sabemos sobre:

gilmar mendesLula