Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Gilmar e Toffoli votam pela reeleição de Maia e Alcolumbre

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Na madrugada desta sexta-feira, 4, os ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), votaram favoravelmente a uma eventual reeleição dos atuais presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). A próxima eleição para o comando das Casas está marcada par fevereiro de 2021.

O Supremo iniciou hoje o julgamento no plenário virtual da Corte, uma ferramenta que permite a análise de casos pelos magistrados longe da transmissão da TV Justiça. Na plataforma, os ministros apenas depositam seus votos no sistema eletrônico, sem discussões ou troca de ideias entre si.

Terceiro ministro a votar em plena madrugada, Kassio Nunes Marques votou contra uma eventual candidatura de Maia e Alcolumbre. O ministro concordou com Toffoli e Gilmar Mendes no sentido de que só pode ser permitida uma única recondução, mas concluiu que esse entendimento deve valer já agora. Ou seja, o voto de Nunes Marques proíbe que Maia comande a Câmara por mais dois anos.

O julgamento está previsto para durar uma semana, mas pode ser interrompido a qualquer momento caso algum integrante da Corte peça vista (mais tempo para análise) ou destaque. Ainda faltam ser computados oito votos, informou o Broadcast Político.