Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Gilmar prevê conclusão de inquérito contra Bolsonaro no STF até agosto

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Existe a possibilidade de o sucessor do ministro Celso de Mello herdar o inquérito aberto no Supremo Tribunal Federal pelo decano, que se aposenta em novembro, das acusações do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro contra o presidente Jair Bolsonaro. Mas o ministro Gilmar Mendes calcula que todo o processo deve ser concluído em até quatro meses, ou seja, em agosto, três meses antes da saída do decano. “São depoimentos que podem ser colhidos rapidamente, eventualmente juntada de provas, comunicações. Não me parece algo que exija perícias, algo extremamente complicado, de modo que pode ser que em 90, 120 dias isso já esteja concluído”, afirmou ele em live com a Necton Investimentos nesta terça, 28.

O minsitro do STF GIlmar Mendes em live nesta terça

O minsitro do STF GIlmar Mendes em live nesta terça Foto: Reprodução/Necton Investimentos

Como você tem acompanhado pelo BRP, Moro terá de apresentar provas para acusações dos crimes de falsidade ideológica, coação no curso do processo, advocacia administrativa, prevaricação, obstrução de justiça, corrupção passiva privilegiada, denunciação caluniosa e crime contra a honra, segundo o pedido feito pela Procuradoria-Geral da República.