Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Gilmar sobre ameaça de Bolsonaro a repórter: ‘Inadmissível’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes disse, no domingo, 23, ser “inadmissível censurar jornalistas pelo mero descontentamento com o conteúdo veiculado”. O comentário vem na esteira da ameaça feita pelo presidente Jair Bolsonaro a um repórter do jornal O Globo.

O ministro do STF Gilmar Mendes

O ministro do STF Gilmar Mendes Foto: Dida Sampaio/Estadão

Na tarde de ontem, ao ser perguntado sobre os depósitos feitos pelo ex-assessor de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), Fabrício Queiroz na conta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, o presidente afirmou: “Minha vontade é encher tua boca na porrada, tá?”.

Pelo Twitter, Gilmar saiu em defesa da liberdade de imprensa.

“A liberdade de imprensa é uma das bases da democracia. É inadmissível censurar jornalistas pelo mero descontentamento com o conteúdo veiculado. G. Orwell: ‘Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade’. #liberdadedeimprensa”, escreveu o ministro.

Apesar de ser comumente atribuída ao escritor e jornalista George Orwell, o trecho é de autoria do magnata do setor de jornais William Randolph Hearst III.