Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Gilmar sobre suspensão de recesso: ‘Esforços e adaptações são bem-vindos’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Um, entre os quatro membros do Supremo Tribunal Federal (STF) que decidiram suspender as férias de fim de ano e seguir trabalhando, o ministro Gilmar Mendes afirmou nesta quarta-feira, 23, que por conta da “sobrecarga de urgências” causadas pela pandemia da covid-19, “esforços e adaptações são bem-vindos”.

Ministro Gilmar Mendes em sessão do STF realizada por videoconferência. Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF

Além de Gilmar, os ministros Marco Aurélio Mello, Ricardo Lewandowski e Alexandre de Moraes já comunicaram à presidência do STF que vão seguir despachando durante o recesso.

A medida, no entanto, traz consequências para o presidente da Corte, ministro Luiz Fuz, que, na prática, sofre um esvaziamento dos poderes de decisão que teria durante o plantão.

“A suspensão do recesso em meu gabinete foi excepcionalmente adotada diante da sobrecarga de urgências da COVID-19. Vivemos uma era atípica em que esforços e adaptações são bem-vindos. Buscou-se colaborar com a Presidência do STF, ampliando a prestação jurisdicional”, escreveu Gilmar no Twitter.

Tudo o que sabemos sobre:

gilmar mendesrecessosuspensãofériasSTF