Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Gilmar trabalhando bastante

Gustavo Zucchi

O ministro do STF, Gilmar Mendes, mandou soltar na noite desta terça-feira, 15, o empresário Milton Lyra, apontado como operador do MDB. Ele ficou menos de um mês preso preventivamente.

Com isso Gilmar contraria Raquel Dodge, que na última sexta-feira pediu a manutenção da prisão preventiva de Lyra. O empresário é apontado pela PF como lobista do MDB em um bilionário esquema de fraudes com recursos de fundos de pensão Postalis, dos Correios, e no Serpros.

Tudo o que sabemos sobre:

Milton Lyra