Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Gilmar: ‘Vacinas não possuem ideologia’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Gilmar Mendes acordou no dia de Natal disposto a defender as vacinas. Isso, após Jair Bolsonaro comemorar em sua live na véspera o atraso e uma suposta “eficácia menor” da Coronavac, vacina em desenvolvimento pelo Instituto Butantan. Para o ministro do Supremo, “vacinas não possuem ideologia”. “Sua função científica é salvar vidas, como há tantos anos o fazem. Quase 190 mil já se foram pela covid-19. A imunização é urgente e deve abarcar todo o país”, disse o magistrado em seu Twitter.

De acordo com o Butantan, a Coronavac tem “eficácia acima da exigida” pela Organização Mundial da Saúde. Por contrato, os dados oficiais serão divulgados pelo laboratório chinês Sinovac, em aproximadamente 15 dias. 

Tudo o que sabemos sobre:

gilmar mendesvacinacoronavírus