Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Gleisi consegue mais uma absolvição

Equipe BR Político

O ministro Celso de Mello seguiu o relator da Lava Jato, Edson Fachin e também optou por absolver Gleisi Hoffmann dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. “Não estão presentes todos os elementos para tipificação do crime de corrupção”, justificou.  A condenação foi novamente só por caixa dois.

Ernesto Kugler também foi enquadrado no crime de caixa dois. Já Paulo Bernardo ganhou a absolvição de Celso de Mello. Faltam três ministros: Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski.