Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Gleisi já tenta colar milícias em Bolsonaro

Marcelo de Moraes

A revelação de que parentes de policiais suspeitos de fazer parte de milícias no Rio foram empregados no gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio deu munição para críticas da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, contra Jair Bolsonaro. A petista aproveitou o caso para tentar colar na imagem do presidente uma associação com as milícias.

“O envolvimento com milícias e corrupção tira de Bolsonaro os dois principais discursos de campanha. As cenas dele chutando boneco do Lula, fazendo arminha com a mão e discursos esganiçados contra bandidos e corruptos não sai da memória eleitoral. E agora?!”, escreveu Gleisi na sua conta do Twitter. /M.M.