Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Gleisi vai para cima de Flávio

Marcelo de Moraes

Como era previsível, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, cobrou providências do Ministério Público Federal para investigar as suspeitas de irregularidades apontadas pelo Coaf contra o assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro. Gleisi quer também explicações mais convincentes do filho de Jair Bolsonaro sobre o caso.

“À espera, até agora, de uma explicação mais plausível do ocorrido! Jogar para o assessor não convenceu. Tem $24 mil depositados para Michele Bolsonaro. O que o MPF está esperando? Se fosse com alguém do PT, já teria rolado prisão preventiva do assessor e a negociação de delação premiada!”, reclamou. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

Flávio BolsonaroGleisi Hoffmann