Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Goiás faz mapa da pobreza

Vera Magalhães

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), encomendou ao Instituto Mauro Borges, entidade estadual de pesquisas similar ao Ipea, um mapa da pobreza do Estado, a partir do qual vai desencadear, na quarta-feira, uma série de iniciativas do gabinete de políticas sociais para enfrentar o problema na ponta. O instituto já concluiu a radiografia usando um instrumento acessível a todos e pouco utilizado: os dados do cadastro único do governo federal para beneficiários de programas sociais como o Bolsa-Família, iniciado no governo FHC e ampliado sob Lula. Ali estão cadastrados 775.448 domicílios goianos.

Foi possível saber em menos de 30 dias de governo, por exemplo, que, desses, 25.854 não têm água encanada, 9.557 não têm sanitário e 114.193 têm pelo menos um analfabeto. Como o estudo traz a localização geográfica de cada município, será possível deflagrar ações localizadas. Caiado não vai criar um slogan para batizar o novo programa. Aliados do governador dizem que a crise fiscal do Estado também não impedirá as ações, pois muitas delas vão usar recursos já existentes no Orçamento ou em programas sociais estaduais e federais, só que de maneira mais eficiente. / V.M.