Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Goleada no STF

Gustavo Zucchi

Com o voto do ministro Celso de Mello no plenário virtual da Segunda Turma do STF, o recurso da defesa contra a prisão do ex-presidente Lula foi rejeitada pela unanimidade de 5 a 0. Em sua justificativa, Mello disse que seguiu a decisão do plenário do Supremo.

“Cabe observar que o plenário do Supremo Tribunal Federal, contra o meu voto (que integrou a corrente minoritária), entendeu legítima, sob perspectiva constitucional, a possibilidade daquilo que eu próprio denominei ‘esdrúxula execução provisória de condenação criminal sem trânsito em julgado'”, escreveu.

Tudo o que sabemos sobre:

Supremo Tribunal Federal