Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Google ‘lamenta’ decisão do STJ sobre caso Marielle

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Após derrota no Supremo Tribunal de Justiça, o Google informou nesta quarta-feira, 26, que “lamenta” a decisão da Terceira Seção, que vai obrigar a empresa a entregar dados de usuários às investigações que apuram o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

“O Google lamenta a decisão tomada hoje pelo Superior Tribunal de Justiça. Reiteramos nosso respeito ao trabalho de investigação das autoridades brasileiras, com as quais colaboramos de modo consistente. Embora tenhamos atendido diversas ordens expedidas no caso em questão, entendemos que a discussão levada ao STJ envolve pedidos genéricos e não individualizados, contrariando a proteção constitucional conferida à privacidade e aos dados pessoais”, diz o texto.

Em nota ao BRP, o Google diz que reafirma seu “compromisso com a privacidade dos brasileiros” e está avaliando as medidas a serem adotadas, “inclusive um eventual recurso ao Supremo Tribunal Federal”, finaliza.

 

Tudo o que sabemos sobre:

STJgoogleMarielle Franco