Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Gota d’água para Bolsonaro foi novo estatuto do PSL

Gustavo Zucchi

A gota d’água na relação de Jair Bolsonaro com Luciano Bivar foi o novo estatuto do PSL, aceito pelo TSE no início deste mês. Segundo parlamentares próximos ao presidente, Bivar protocolou o estatuto no início do ano sem avisar nem a bancada do PSL nem Bolsonaro. Bivar teria inchado a Executiva Nacional com aliados para conseguir aprovar as regras partidárias sem as cláusulas que o presidente negociou quando se filiou. Com isso o Bolsonaro diz se sentir traído por Bivar.

Na bancada do PSL na Câmara, há um consenso de que é possível resolver a questão. O grupo ligado ao presidente, entretanto, quer que Bivar respeite o acordo e ouça o grupo na elaboração do estatuto. O deputado Luiz Philippe de Orléans e Bragança, inclusive, teria elaborado uma sugestão de estatuto mais alinhada com a vontade de Bolsonaro e de parte da bancada da sigla. O plano agora é tentar chegar a um consenso com a ala ligada a Bivar para que não ocorra uma debandada na sigla.

Tudo o que sabemos sobre:

PSLLuciano BivarJair Bolsonaro