Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governador do Piauí confirma presença em reunião com Bolsonaro

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), já confirmou presença na reunião convocada pelo presidente Jair Bolsonaro com os governadores. O encontro virtual deve ocorrer na próxima quinta-feira, 21. Na pauta, está a sanção do projeto de socorro emergencial aos Estados e municípios para o enfrentamento dos efeitos decorrentes da pandemia do novo coronavírus. O projeto foi aprovado no Senado no dia 6 de maio e até hoje não foi sancionado por Bolsonaro. O programa de socorro previsto na proposta destina R$ 60 bilhões aos Estados e municípios para compensação de perdas de receita e ações de prevenção.

O governador do Piauí, Wellington Dias

O governador do Piauí, Wellington Dias Foto: Claudio Andrade/Câmara dos Deputados

Crítico ferrenho de Bolsonaro durante a crise da covid-19, Dias diz considerar importante o chamamento do presidente. “Nós estamos enfrentando um inimigo comum, que é o coronavírus, na verdade, ele é tanto inimigo da saúde quanto da economia e há a necessidade de enfrentarmos juntos, porque ele é um inimigo que já levou a óbito mais de 16 mil pessoas no nosso País”, diz o governador.

Na avaliação de Dias, o diálogo se faz necessário para a construção de um plano sanitário, social e econômico conjunto entre governo federal, Estados e municípios.

“Eu compreendo que, nesse instante, há necessidade não só de diálogo, mas também de medidas concretas, onde possamos unificar com um plano nacional, um plano para enfrentar os desafios na área da saúde”, aponta. E segue: “E, junto com isso, toda a parte social e a parte econômica, ter um plano unificado para tão logo que haja as condições para retomada, garantir as condições de um trabalho conjunto Estados, municípios, governo federal e setor privado para a retomada do crescimento e dos empregos”, afirma.