Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governador do Piauí faz apelo por ação nacional contra ‘colapso’ nos Estados

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Com três casos confirmados de coronavírus no Estado, o governador do Piauí, Wellignton Dias (PT), fez um apelo nesta sexta, 20, para que o governo federal implemente ações nacionais de combate à pandemia no País. Segundo ele, ações estaduais isoladas se tornam inócuas se o restante dos Estados não estiver comprometido. “Eu adotei medidas de controle no Piauí, mas o vírus chegou com pessoas via aeroporto de Teresina. O governador tem que entrar com uma ação no STF para cuidar do controle, como na Bahia? Sinto falta de uma ação nacional. É como enxugar gelo, você controla aqui mas o vírus chega por que o outro nível de Governo não controlou. E olha que no Piauí temos bom diálogo”, disse ele.

O governador do Piauí, Wellington Dias

O governador do Piauí, Wellington Dias Foto: Governo do Estado do Piauí

Dias cita o exemplo da urgência por um controle nas divisas dos Estados. “Muitos piauienses e familiares que moram no Sudeste vêm de ônibus (para o Piauí) e vans clandestinos”, conta. O governador prevê um prejuízo de R$ 434 milhões para o Estado diante de uma queda na economia de 10% para os próximos 90 dias. “Sem apoio para Estados e municípios, significa colapso nos serviços, junto com colapso na saúde. Por isto a esperança que alguém possa nos ouvir. Com oficialização e aprovação para legislativo da situação de calamidade não tem mais trava. É só a decisão política: atende ou não atende”, completa.

Tudo o que sabemos sobre:

PiauícoronavírusWellington Dias