Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governador do Piauí teme ‘colapso’ sem socorro da União aos Estados

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), avalia que a não aprovação do projeto de socorro aos Estados é “fatal” e pode antecipar o “colapso” da saúde pública e acarretar numa tragédia sanitária causada pelo novo coronavírus. A declaração foi feita em comunicado em vídeo, na quinta-feira, 9.

Foto: Reprodução

“Precisamos destes recursos. Sem isso gera um colapso nos municípios e nos estados e significa a possibilidade da paralisação de atividades. E isso antecipa o colapso do coronavírus. Não é aqui uma notícia boa, mas eu faço questão de transmitir na sessão que seria de votação hoje, está sendo anunciado a interrupção para se votar apenas na segunda-feira a noite. Eu espero, sim, que a gente possa alcançar o entendimento, mas eu preciso dizer que realmente complicou e é fatal a não aprovação deste projeto emergencial Covid-19 para o Brasil, para o Piauí e para o seu município”, completou.

‘No apelo, o petista pede apara que os deputados aprovem com urgência, na próxima segunda-feira, 13, a medida, que deveria ter sido votada ontem pela manhã. Dias também falou sobre a necessidade de o Senado aprovar o mais rápido possível o aumento dos repasses no Fundo de Participação dos Estados (FPE) e no Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

“Pois bem fui comunicado por líderes da Câmara de que há um movimento por parte de membros do governo contrários a aprovação da proposta. Ora, isso leva uma dificuldade para o parlamento chegar a uma decisão”, disse o governador.