Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governador do Rio em exercício revela conversa com Flávio Bolsonaro

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), ganhou um “aliado” para renovação do Regime de Recuperação Fiscal do Estado. Pelas redes sociais, Castro disse que o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) ofereceu ajuda pela manutenção da suspensão do pagamento da dívida do Rio com a União.

“Recebi agora há pouco uma ligação do senador Flávio Bolsonaro, que se colocou à disposição para ajudar o Estado do Rio de Janeiro na renovação do Regime de Recuperação Fiscal”, disse. “Diálogo! Todos pelo Rio”, completou.

O regime expira no próximo sábado e foi tema de reunião de Castro com seu secretariado nesta segunda-feira, 31. A medida permite que o Estado suspenda o pagamento da dívida com a União e faça o saneamento de suas contas públicas.

O contato entre o governador em exercício e o filho mais velho de Jair Bolsonaro também é um recado para o afastado Wilson Witzel, que mantém há tempos o clima bélico com o atual ocupante do Palácio do Planalto. Castro tem pregado “união” em prol do Estado e conversado com opositores do governador afastado. E é próximo do clã Bolsonaro.

Na próxima quarta-feira, o afastamento de Witzel, decido de forma monocrática, será julgado pelo plenário do Superior Tribunal de Justiça. Caso seja revertido, ele volta ao cargo de governador fluminense. Witzel culpa a influência do presidente da República por seu afastamento e diz que está sendo atacado pela nomeação do procurador-geral do Estado, prevista para dezembro. Ele diz que Bolsonaro quer interferir na escolha do nome.

Tudo o que sabemos sobre:

Cláudio CastroFlávio Bolsonaro