Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governadores do Nordeste chamam carreatas antiquarentena de ‘atentado à vida’

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

Em carta divulgada após reunião, os governadores do Nordeste chamam as “carreatas” pedindo o fim da quarentena como “atentado à vida”. Os protestos chegaram a ser elogiados nesta sexta-feira, 27, pelo presidente Jair Bolsonaro, que as chamou de “coisas fantásticas” em entrevista à TV Bandeirantes. ” Este tipo de iniciativa representa um verdadeiro atentado à vida”, afirmam os nove governadores que assinam o manifesto.

“Manifestamos nossa profunda indignação com a postura do Governo Federal, que contraria a orientação de entidades de reconhecida respeitabilidade, como a OMS – que indicam o isolamento social como melhor forma de conter o avanço do Coronavírus -, e promove campanha de comunicação no sentido contrário, estimulando, inclusive, carreatas por todo o país contra a quarentena”, diz a carta.

Sem poder contar com o governo federal, eles também avisam que estão organizando uma coordenação regional no combate ao coronavírus. “Buscaremos avançar na integração regional e com as demais regiões, mobilizados pelo objetivo de salvar vidas e amenizar os impactos negativos sobre a economia dos estados. Acreditamos também que o Congresso Nacional tem papel decisivo no atual momento da vida brasileira.”

Confira a carta na íntegra: