Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governadores do Nordeste pedem ajuda à China

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

O Consórcio do Nordeste, composto pelos 9 governadores dos estados nordestinos, está pedindo ajuda para a China no combate ao coronavírus. Em uma carta enviada ao embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming, o grupo apresenta-se como representante de 57 milhões de brasileiros e pede o envio de materiais médicos, insumos e outros equipamentos que possam ajudar na luta contra a doença. “Em especial, temos necessidade de leitos de UTI e de respiradores, pois as projeções de enfermos indicam que haverá um déficit deste equipamento no momento de pico da epidemia”, pedem.

Nesta semana, o deputado Eduardo Bolsonaro abriu uma crise diplomática ao comparar a pandemia com o acidente nuclear de Chernobyl, dizendo que a China é culpada pelo coronavírus da mesma forma que a União Soviética foi com o desastre na Ucrânia. “Colocamo-nos à disposição de vocês para quaisquer esclarecimentos que sejam necessários e queremos, desde já reafirmar nossa admiração pela forma como o povo chinês enfrentou a epidemia e pela imensa amizade que une nossos povos”, afirmam os governadores.