Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governo cancela participação militar em eventos do 7 de setembro

Cassia Miranda

Exclusivo para assinantes

Às vésperas de o Brasil chegar à triste marca de 100 mil mortos pela covid-19, o Ministério da Defesa decidiu cancelar a participação militar nos festejos de 7 de setembro, em comemoração ao 198º Aniversário da Proclamação da Independência do Brasil. A decisão está publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 7.

Militares participam de desfile em comemoração ao Dia da Independência no Sambódromo do Anhembi, na zona norte de São Paulo. Foto: Felipe Rau / Estadão

“Em consequência e de acordo com as coordenações realizadas com a Presidência da República, determino aos Comandantes da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira que orientem suas respectivas Forças para se absterem de participar de quaisquer eventos comemorativos alusivos ao supracitado evento como desfiles, paradas, demonstrações ou outras que possam causar concentração de pessoas”, diz o texto.

A portaria é assinada pelo ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, que usa as recomendações das autoridades sanitárias como argumento para a decisão.

“Todavia, como é de amplo conhecimento, o País, como considerável parte do mundo, enfrenta a pandemia do ‘COVID-19’, não sendo recomendável pelas autoridades sanitárias a promoção de eventos que possam gerar aglomerações de público, devido ao risco de contaminação. As condições atuais indicam que tal recomendação deva ainda vigorar durante o mês de setembro, abrangendo, assim, o período de celebração do 198º Aniversário da Proclamação da Independência do Brasil.”

 

Tudo o que sabemos sobre:

7 de setembroindependência do Brasil