Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governo cria comitê de crise sem Ministério da Saúde

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, criou um grupo de trabalho com representantes de 16 dos atuais 22 ministérios para criar ações de recuperação e crescimento do País sem a presença do Ministério da Saúde. O grupo terá um prazo de 90 dias, contados a partir de hoje, para apresentar tais ações e atos normativos e medidas legislativas para a retomada das atividades afetadas pela covid-19 em âmbito nacional. Caberá a ele também articular o plano com Estados, municípios, Distrito Federal, empresas públicas e privadas e, mais polêmico, propor diretrizes para a destinação de emendas parlamentares por meio de articulação com o Congresso Nacional.

O minsitro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, e o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos

O minsitro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, e o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos Foto: Dida Sampaio/Estadão

Como você já leu aqui no BRP, Braga Netto passou a ser tratado como “interventor” por alguns militares do governo. O assunto ganhou as redes sociais a ponto de o vice Hamilton Mourão sair a campo na terça passada, 7, para negar a versão de que o presidente Jair Bolsonaro é “tutelado”. “Ele (Braga Netto) não está enquadrando ninguém, mas apenas fazendo a verdadeira governança. Assim, a Casa Civil passa a atuar como um verdadeiro centro de governo”, escreveu o general.