Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governo cria Grupo para Resposta a Desastres

Equipe BR Político

Em meio a um clima global de tensão causado pelo conflito entre EUA e Irã, o Ministério da Justiça e Segurança Pública instituiu um Grupo para Resposta a Desastres (GRD) que, por meio da Força Nacional, atuará em situações decorrentes de desastres (naturais ou causados pelo homem), em território nacional ou internacional, que “devido à sua magnitude e complexidade, tiveram exauridos ou seriamente comprometidos a capacidade local de resposta dos órgãos constitucionais”.

A portaria que cria o GRD está publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 8. A assessoria do ministério afirma que o tem já estava sendo discutido na pasta antes do conflito entre os dois países ser iniciado, na semana passada.

De acordo com o texto, o GRD é um “grupo operacional constituído por equipes especializadas compostas por bombeiros militares estaduais e profissionais de outras áreas, para o pronto-emprego e tendo como coordenação e gestão a Secretaria Nacional de Segurança Pública – Senasp, com o principal objetivo de apoiar a um Ente Federado específico ou a uma localidade internacional”.

O GDR prevê que os militares envolvidos nas ações atuem com o objetivo de socorrer a população atingida, incluindo a busca e o salvamento, os primeiros socorros, o atendimento médico de urgência e pré-hospitalar. Eles atuarão também no fornecimento de água potável, na provisão e meios de preparação de alimentos, no suprimento de material de abrigamento, de vestuário, de limpeza e de higiene pessoal.

A portaria é assinada pelo secretário nacional de Segurança Pública substituto, Freibergue Rubem do Nascimento, e entra em vigor na data da publicação.