Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governo desiste de olavista para coordenar Enem

Equipe BR Político

A ala olavista do governo de Jair Bolsonaro sofreu sua primeira baixa. O governo de Jair Bolsonaro recuou na indicação de Murilo Resende Ferreira para assumir a coordenação do Enem.  A indicação de Murilo, que chegou a ser comemorada pelo presidente no Twitter, foi cercada de controversas.

Murilo, que se diz discípulo de Olavo de Carvalho, chegou a defender a invasão do Congresso em 2016 e foi expulso do MBL porque “vivia xingando” os seus integrantes por defenderem o impeachment de Dilma Rousseff. A decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial, publicada na noite da última quinta-feira, 17.

Tudo o que sabemos sobre:

murilo resende ferreiraEnem