Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governo do Maranhão reage à morte de líder indígena

Equipe BR Político

Após a morte do líder indígena Paulo Paulino Guajajara durante um confronto com madeireiros, na última sexta-feira, 1, na Terra Indígena Arariboia, na região de Bom Jesus das Selvas, no Maranhão, o governador do Estado, Flávio Dino (PCdoB), anunciou que vai editar nesta segunda-feira, 4, um decreto que cria uma força-tarefa de proteção da vida indígena.

A ação será comandada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e terá integrantes da Polícia Militar, Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros. A ideia é prevenir conflitos ao criar uma ponte entre lideranças indígenas que monitoram áreas ameaçadas e órgãos federais. A medida também pretende aumentar a fiscalização nos entornos das reservas pelas polícias estaduais.

A intenção é que a força-tarefa ofereça treinamento e orientação aos indígenas de formas a ajudá-los nas ações preventivas de proteção das reservas, sem uso de arma de fogo, informou o Estadão.