Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governo já admite ceder em regra para BPC

Marcelo de Moraes

O governo começou a reconhecer que será quase impossível aprovar as mudanças de regra para o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) na proposta de reforma da Previdência. A ideia sofre enorme resistência da parte de deputados e senadores e já é considerada letra morta no Congresso.

O secretário especial de Previdência Social, Rogério Marinho, admite que os parlamentares é que definirão se o BPC e outros pontos, como a aposentadoria rural, serão alterados. Marinho, que se reuniu hoje com a bancada do DEM, também considerou “simpática” a ideia de tornar a mudança do BPC opcional, como forma de atenuar seu impacto. Mas, o fato é que o governo já se conformou com a derrota nesse item da reforma. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

reforma da previdência