Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Governo ‘lamenta’ saída da Ford do País e diz que decisão foi global

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Ministério da Economia lamentou a decisão da Ford de encerrar suas atividades no País. Depois de mais de um século de atuação no Brasil, a empresa anunciou ontem que vai parar de produzir veículos em Camaçari (BA), Taubaté (SP) e Horizonte (CE). Em nota, a pasta tentou afastar qualquer influência de políticas do atual governo na definição da montadora. Segundo o ministério, trata-se de uma “decisão global” da empresa.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, concede entrevista à imprensa sobre a agitação na economia mundial nesta segunda

O ministro da Economia, Paulo Guedes, concede entrevista à imprensa sobre a agitação na economia mundial nesta segunda Foto: Dida Sampaio/Estadão

A decisão da Ford foi baseada na perda de sua margem de lucros no Brasil. O fechamento das fábricas vai acabar com 5 mil empregos e esse número pode chegar a 12 mil por conta das cadeias produtivas.

“Ministério da Economia lamenta a decisão global e estratégica da Ford de encerrar a produção no Brasil. A decisão da montadora destoa da forte recuperação observada na maioria dos setores da indústria no país, muitos já registrando resultados superiores ao período pré-crise. O ministério trabalha intensamente na redução do Custo Brasil com iniciativas que já promoveram avanços importantes. Isto reforça a necessidade de rápida implementação das medidas de melhoria do ambiente de negócios e de avançar nas reformas estruturais”, diz a nota.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Fordministério da Economia