Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governo pode ter contratado crise política com cortes do Bolsa Família

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Os cortes no Bolsa Família para o Nordeste devem dar ainda muita dor de cabeça política para o governo. A revelação do problema causou pesada reação da bancada de parlamentares nordestinos, inconformados com os cortes acontecerem de forma intensa justamente na região mais pobre do Pais. Depois do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) anunciar que pretende convocar o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, para explicar o que está acontecendo, o deputado Juscelino Filho (DEM-MA), alerta que os cortes no seu Estado, o Maranhão, podem ser até maiores do que se pensa.

“Os cortes no Bolsa Família no Maranhão podem ser mais graves do que divulgado pela imprensa. Dados da própria Senarc, do Ministério da Cidadania, apontam quase 130 mil benefícios a menos entre janeiro de 2019 e fevereiro deste ano”, afirmou o deputado na sua conta do Twitter.

“Especialistas da área social no estado dizem que toda essa redução não se justifica. Assim como, segundo eles, também não há explicação para o baixíssimo número de novos benefícios, em razão do tamanho da fila de espera que há. Os esclarecimentos do governo federal são urgentes!”, cobrou.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Bolsa FamíliaNordesteJuscelino Filho