Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governo quer mudar Bolsa Família e incluir jovens

Equipe BR Político

De olho no impacto social e no retorno político do Bolsa Família, o governo está finalizando as mudanças que pretende fazer no programa. Reportagem do Estadão mostra que o Ministério da Cidadania, a pedido da Casa Civil, está reformulando o programa, que será ampliado para poder atender jovens de até 21 anos. Os valores pagos hoje também deverão ser aumentados.

Ainda está sendo estudada a possibilidade de modificar o nome do Bolsa Família, que poderia passar a se chamar Renda Brasil. Como o Bolsa foi criado no governo Lula, adotar uma nova marca serviria para reforçar a associação da reformulação do programa com o governo de Jair Bolsonaro.

Segundo a reportagem, “a ideia é dividir o programa em três: benefício cidadania, dado às famílias de baixa renda; benefício primeira infância, para crianças de até 3 anos; e benefício a crianças e jovens, contemplando jovens de até 21 anos”.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Bolsa Família