Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governo retira urgência de projeto de armas

Equipe BR Político

A pedido do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), líder do governo no Congresso, aceitou retirar a urgência constitucional do projeto de lei que regulamenta o porte de armas. A decisão foi tomada na noite de terça-feira, 13. Maia argumentou que o pedido de urgência dificulta a atuação da Câmara, pois, enquanto não fosse retirado, o plenário não poderia votar outros projetos de lei. O presidente da Casa prometeu, porém, que faria uma votação para conferir urgência regimental à proposta, que espera votar até semana que vem.

O projeto prevê mudanças no estatuto do desarmamento, e deixa em aberto a possibilidade de ampliar o porte de armas de fogo a diversas categorias. O PL foi entregue ao Congresso após o Senado derrubar um decreto presidencial que tratava do tema. Sobre o conteúdo do projeto de lei, Maia disse que o texto não irá “nem pelo caminho do excesso, nem pelo caminho do nada”.

Tudo o que sabemos sobre:

porte de armasRodrigo MaiaJoice Hasselmann