por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Governo tem 2 meses para articular a base’

Equipe BR Político

Capitão Augusto (PR-SP), um dos sete vice-líderes do governo avisou: apesar de, ao menos momentaneamente, o governo ter pacificado suas relações com Rodrigo Maia, ainda está longe de ter votos suficientes para aprovar a reforma da Previdência. Em entrevista ao Broadcast Político, o deputado ressaltou que, enquanto a oposição está “bem constituída”, Planalto ainda tem dificuldades para articular sua base.

“Nós temos dois meses para acertar esta articulação. Esta dificuldade de relacionamento é vista em todos os lugares. Tem a falta de agenda de ministros com os deputados, que é uma reclamação generalizada na Câmara. Obviamente, isto acaba se refletindo nas votações da Casa”, comentou.