Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governo vai tirar ‘contrabandos’ para salvar MP

Vera Magalhães

O governo admite retirar os contrabandos colocados na medida provisória 881, batizada como MP da Liberdade Econômica, a fim de facilitar um acordo para sua aprovação. A MP subiu no telhado quando, diante de um estudo da área técnica, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), passou a dizer que ela foi desvirtuada de seus propósito original pela inserção dos chamados “jabutis” por parte do governo e de parlamentares. O secretário especial de Previdência e do Trabalho, Rogério Marinho, foi um dos apontados por Maia como responsável por levar alguns dos jabutis até em cima da árvore. Marinho admitiu nesta manhã ao BR18 retirar da MP cerca de 15 itens relativos a ajustes na reforma trabalhista aprovada no governo Michel Temer, da qual foi relator.

O relator da proposta, deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), também disse ao BR18 que vai atuar para conciliar os interesses e reduzir os ruídos. “O que acordei estou cumprindo rigorosamente”, afirmou. Ele afirmou que limpou o texto dos itens que traziam risco de inconstitucionalidade. Os bombeiros atuam para que Maia desista de inviabilizar a MP e pedir ao governo que a substitua por um projeto de lei com urgência constitucional, como ele sugeriu ontem e divulgamos aqui em primeira mão. / Vera Magalhães