Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Governo zera taxa de importação do arroz até o final do ano

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governo zerou a taxa de importação de arroz até o final do ano. A decisão do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, ligado ao Ministério da Economia, está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 10. O objetivo da isenção é conter o aumento expressivo no preço do arroz ao longo dos últimos meses. De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Universidade de São Paulo (Cepea/USP), o preço do arroz variou mais de 107% nos últimos 12 meses.

Pacote de 5 quilos de arroz chega a ser encontrado por R$ 40 nas últimas semanas. Foto: Dida Sampaio/Estadão – 18/3/2020

A resolução nº 87 estabelece uma cota de 400 mil toneladas do produto que pode entrar no País sem a taxa. De acordo com o comitê, o montante vale para o arroz não parboilizado e polido ou brunido, em conjunto. Antes da resolução, a Tarifa Externa Comum (TEC) incidente sobre o produto era de 12%, para o arroz beneficiado, e 10% para o arroz em casca.

Neste ano, até agosto, o Brasil importou 45.087 toneladas de arroz com casca e 372.890 toneladas de arroz beneficiado (sem casca, parboilizado e polido). A decisão por zerar a tarifa foi tomada durante reunião do Comitê-Executivo de Gestão da Camex, a partir de um pedido feito pelo Ministério da Agricultura.

Tudo o que sabemos sobre:

arroztarifa de importaçãopreços