Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Gráfica laranja?

Equipe BR Político

Uma visita ao endereço onde supostamente funcionava uma gráfica que recebeu verba do PSL, no Recife, mostra apenas uma pequena sala, com duas mesas e nenhum maquinário para impressões em massa. Não há sinais de que a empresa tenha trabalhado durante a eleição.  Reportagem da Folha do último domingo, 10, mostrou que uma candidata laranja, indicada pelo grupo do presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, declarou ter gastado R$ 380 mil de dinheiro público nessa gráfica.

Procurado pela Folha, o advogado de Bivar, Paulo José Canizzarro afirmou que a sala poderia ser apenas o escritório da gráfica. “Não necessariamente é lá onde se roda o material”, disse.

Tudo o que sabemos sobre:

PSLgráficaLuciano Bivar