Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Grande dia, de fato’

Equipe BR Político

Apesar do ceticismo da ala ideológica do governo em relação com a própria existência da União Europeia, o acordo entre Mercosul e o bloco europeu é um “bálsamo” para o governo do presidente Jair Bolsonaro diante dos “solavancos políticos e econômicos que o Brasil vem enfrentando nos últimos anos”, escreve a colunista e uma das editoras do BR18, Vera Magalhães, no Estadão. A negociação, no entanto, será um contrapeso ao “ímpeto bolsonarista” em áreas como o meio ambiente, além de contrapor o multilateralismo à tese governista até então propagada de afirmação nacionalista.

“A assinatura do acordo faz letra morta da cantilena bobalista da ala ideológica do governo. Ela pode até continuar entoando seus mantras no Twitter, comemorando como sua uma construção que, como se vê é anterior e mais plural. Mas o fato é que, na vida real, falaram mais alto o pragmatismo e a disposição pelo liberalismo econômico e pela abertura do País ao resto do mundo. Grande dia, de fato”, conclui.

Tudo o que sabemos sobre:

MercosulUnião Europeia