Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Gravíssimo’, diz Maia sobre acesso a dados de Bolsonaro

Equipe BR Político

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, classificou de “gravíssimo” o caso de dois servidores da Receita Federal que acessaram irregularmente os dados fiscais do presidente Jair Bolsonaro e de seus familiares, segundo informou o órgão nesta noite de sexta, 5. “É gravíssimo. A Receita deveria abrir logo um procedimento para afastá-los do serviço público”, disse ele, informa o Broadcast Político. O órgão, por meio de nota, informou que foi aberta um sindicância para apurar o caso.

Em março de 2018, a Receita Federal abriu investigação secreta de 134 “agentes políticos” à procura de “indícios de crimes contra a ordem tributária, corrupção e lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores envolvendo agentes públicos”. Em fevereiro, a revista Veja revelou que um dos focos da varredura da Equipe Especial de Fraudes da Receita foi o casal Gilmar Mendes e sua mulher.

 

Tudo o que sabemos sobre:

receita federalRodrigo MaiaBolsonaro