Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Guarulhos e Congonhas seguem sem restrições diante de pandemia

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Diante da pandemia do coronavírus, os dois principais aeroportos do País, Guarulhos, que é internacional, e Congonhas, seguem sem medidas restritivas. Questionado sobre a necessidade de ações sanitárias e fiscalizatórias, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou no final desta manhã de quinta, 12, que elas cabem ao governo federal, adiantando que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, estará na Capital amanhã em reunião com secretários, ocasião esta em que ele poderá esclarecer se há orientações para esses dois aeroportos.

Aeroporto de Guarulhos

Aeroporto de Guarulhos Foto: Werther Santana/Estadão

“Cabe ao governo federal, com Anvisa, essa ação fiscalizatória. Na reunião, o ministro poderá se manifestar sobre isso”, afirmou. O vírus que surgiu na China no fim do ano passado já chegou a mais de 110 países, ultrapassa o número de 4,2 mil mortes e registra mais de 118 mil infectados, segundo a Organização Mundial da Saúde.