por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Guedes aceita ‘dar’ 20% do pré-sal a Estados

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que aceita distribuir uma parcela dos R$ 106 bilhões previstos com o megaleilão do pré-sal com os Estados desde que haja avanço na votação da reforma da Previdência. Ele já havia feito aceno de que poderia distribuir até 70% das receitas do Fundo Social do pré-sal aos Estados. Agora, uma das alternativas cogitadas é dar até 20% do chamado bônus de assinatura, que é o pagamento que a empresa ganhadora fará ao governo quando assinar o contrato de exploração da área leiloada.

Um integrante da equipe econômica destacou ao Estado que não é possível fazer a divisão do bônus de assinatura num patamar elevado devido à necessidade do ajuste fiscal e redução do rombo nas contas públicas, informou o Estadão.