Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Guedes baixa ordem para equipe sair de grupos do WhatsApp

Vera Magalhães

Por determinação do ministro Paulo Guedes, todos os integrantes do Ministério da Economia receberam de sua assessoria pessoal a ordem de sair dos grupos de WhatsApp de discussões políticas que integrem.

Foto: REUTERS/Adriano Machado

Na quarta-feira, o BRPolítico revelou que num desses grupos, batizado de Mkt Bolsonaro, no qual o secretário de Produtividade, Carlos da Costa, estava, foi discutido o financiamento, por parte de um empresário, de caminhões de som para as manifestações de 15 de março, que têm uma conotação de crítica ao Congresso.

Na conversa em que se disse disposto a bancar quantos carros fossem necessários, o investidor Otavio Fakhoury fez várias críticas ao Congresso.

O BRP também teve acesso a conversas de outro grupo, chamado de Economistas Bolsonaro, com acaloradas discussões sobre o caráter das manifestações. O secretário Adolfo Sachsida, que integrava o grupo, saiu ainda na terça.

Agora, a ordem para deixar os grupos é geral. A avaliação no Ministério da Economia é que a presença de integrantes da equipe de Guedes em discussões políticas pode causar ainda mais ruídos na tramitação das reformas e das emendas já em discussão no Congresso.