Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Guedes chama Brigitte Macron de feia e plateia aplaude

Equipe BR Político

Não se sabe o que é pior: um ministro de Estado, no caso, Paulo Guedes (Economia), chamar uma mulher de feia ou sua plateia rir e aplaudir, repetindo, rir e aplaudir o autor do comentário. O caso ocorreu nesta quinta, 5, em Fortaleza, durante um evento promovido pelo site Poder360 e pelo grupo Jangadeiro.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, comenta sobre aparência de Brigitte Macron

O ministro da Economia, Paulo Guedes. Foto: Ministério da Economia

Guedes reconheceu que o presidente Jair Bolsonaro chamou Brigitte Macron de feia e concordou com a afirmação. “A mulher é feia mesmo”, disse ele, acrescentando, após as risadas, que “não existe mulher feia, existe mulher, observada do ângulo errado”. O episódio com Bolsonaro rendera reclamação do presidente francês e um amplo movimento nas redes sociais de desculpas à primeira-dama, que agradeceu dias depois em evento público o apoio recebido. Ela reforçou que “os tempos estão mudando, e existem aqueles que estão a bordo do ‘trem da mudança’. As mulheres estão lá com vocês, que compreenderam quase tudo, senhores. Não foram todos (que compreenderam): alguns estão na plataforma, e tenho certeza de que eles não vão demorar a subir a bordo desse trem”.