Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Guedes é condenado a pagar R$ 50 mil por chamar servidores de ‘parasitas’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, foi condenado a pagar uma indenização de R$ 50 mil ao Sindicato dos Policiais Federais da Bahia (Sindipol-BA) por ter chamado servidores públicos de “parasitas” em fevereiro deste ano. 

O ministro da Economia, Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes Foto: Adriano Machado/Estadão

A Advocacia-Geral da União (AGU) informou ao Estadão que irá recorrer da sentença. A juíza Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, que determinou a condenação afirmou que o exercício do direito à liberdade de expressão de Guedes “excedeu barbaramente os limites impostos pela finalidade econômica e social de um pronunciamento de ministro de Estado.”

“O funcionalismo teve aumento de 50% acima da inflação, tem estabilidade de emprego, tem aposentadoria generosa, tem tudo. O hospedeiro está morrendo. O cara (funcionário público) virou um parasita e o dinheiro não está chegando no povo”, disse o ministro na ocasião. Três dias depois ele afirmou que “se expressou mal”, se desculpou e disse que seu objetivo “jamais foi ofender as pessoas que cumprem seus deveres.”

Tudo o que sabemos sobre:

Paulo Guedesparasitasservidores públicos