Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Guedes morde, Bolsonaro assopra

Vera Magalhães

As falas recentes de alguns dos principais atores do próximo governo mostram que Jair Bolsonaro pretende concentrar suas interações diretas com o eleitorado em temas que lhe são caros e confortáveis, deixando os assuntos espinhosos e delicados para os ministros e aliados políticos. Paulo Guedes fez o papel de “policial malvado” ao introduzir sua forma de negociação para a “facada” no sistema S e a reforma da Previdência em conversa com empresários. Tem carta branca do presidente para endurecer o discurso.

Enquanto isso, Bolsonaro ficou diante da câmera para reforçar o discurso ideológico vencedor da eleição, de corte conservador e de polarização imediata, sem nuances, com a esquerda e o PT. Para que a segunda vertente continue a fazer sucesso de público, é necessário que Guedes tenha sucesso –e aí será questão de ver se a retórica dura será eficaz na intrincada negociação política que ele vai ter de enfrentar. / V.M.