Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Guedes não deve ir à CCJ

Equipe BR Político

O ministro da Economia, Paulo Guedes, não deve ir ao debate na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados previsto para esta tarde de terça, 26, sobre a reforma da Previdência. O economista preferiria esperar a então empacada escolha do relator do texto no colegiado, cuja responsabilidade cabe ao presidente da comissão, Felipe Francischini (PR), deputado do mesmo partido do presidente da República.

Parlamentares da base, no entanto, cobram a participação de integrantes do governo no colegiado porque hoje não sabem defender a proposta elaborada pela equipe econômica. Para piorar, o projeto dedicado aos militares é visto por parte deles como licença ao privilégio. Ainda haveria o risco de boicote por parte de líderes partidários tidos como independentes insatisfeitos com o governo.

Tudo o que sabemos sobre:

Paulo GuedesCCJprevidência