Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Guedes passa a semana como vendedor de ilusões

Equipe BR Político

A semana marcada pelo crescimento modesto de 1,1% do PIB e alta do dólar encobriu um vídeo divulgado pelo ministro Paulo Guedes, na quarta, 4, em que ele vende um Brasil que está dando certo. A principal mensagem da gravação é seu “otimismo” com a economia, não refletido por grupo responsável pelo PIB brasileiro reunido ontem em São Paulo, conforme você leu aqui no BRP.

O ministro da Economia, Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes Foto: Walter Duerst/ Fórum Econômico Mundial

Ele lista uma série de projetos futuros para sustentar seu estado de espírito, como o plano de saneamento, o novo pacto federativo, a desvinculação dos fundos, as reformas administrativa e tributária, que, como você verificou hoje no BRP, está longe de alcançar um consenso, e o programa de desestatização. “Estamos transformando o estado brasileiro”, disse.

Um dia depois da divulgação do vídeo, Guedes seguiu com sua injeção de ânimo, classificando o alto patamar do dólar como “normal”, minimizando o impacto do coronavírus na economia, que faria o país perder 0,5% de crescimento, e até culpando a imprensa pela cotação da moeda americana. “Como estamos confiantes que o Congresso vai aprovar a reformas e o presidente também, a mídia vai entender que o Brasil está mudando pra melhorar. Se vocês estiverem menos nervosos daqui a um mês, quem sabe o dólar acalma. Eu estou absolutamente tranquilo”, disse ele. A única chance de dar tudo errado, com dólar chegando a R$ 5, segundo o ministro, é  se fosse feita “muita besteira”.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Paulo GuedesdólarPIBEconomia